Marcado: conexão com internet

As barreiras da mídia digital

Por: Adriano Rodrigues

barreira-midia-digital

A mídia digital vem crescendo a cada dia. Seu crescimento está previsto para ser de 12,7 % em 2016, com faturamento aproximado de US$ 76,6 bilhões arrecadados com publicidade. Apesar deste enorme crescimento, o mercado ainda está em fase de desenvolvimento. A dúvida por formatos de publicações (digitais ou online) ainda não está clara. As revistas foram para as plataformas de publicações digitais, já os jornais foram para as plataformas de publicações online. Na minha modesta opinião, os jornais saíram ganhando, mas isso é assunto para outra publicação.

Mas nem tudo são flores. A mídia digital precisa superar várias barreiras para ela ser viável do ponto de vista comercial. Muita gente não quer pagar pela informação, mas informação de qualidade tem valor. Valor do ponto de vista comercial e valor do ponto de vista conceitual. Quanto vale uma boa notícia? é possível ganhar dinheiro em mídia digital apenas com anúncio, ou os anúncios são abocanhados pelo Google? Todas essas perguntas nos levam a um cenário não muito favorável ao mercado de mídia digital. Vejamos a seguir outros fatores que podem atrapalhar o mercado de mídia digital.

Podemos apontar aqui alguns problemas que podem atrapalhar o desenvolvimento da mídia digital. Os problemas podem vir por questões econômicas, pois alguns veículos de comunicação querem cobrar pelos seus conteúdos, falta de acesso à internet, pois a internet ainda não tem um grande alcance como a tv e o rádio, o acesso aos aparelhos eletrônicos, ainda temos restrições preferência pela mídia impressa por um número considerável de pessoas.

Mesmo com todos esses problemas apontados, a mídia digital vem crescendo muito a cada ano. Com a resolução ou a amenização destes problemas e o crescimento da demanda das pessoas por consumirem mídia digital o mercado pode crescer muito nos próximos anos.

Será que num futuro próximo, ficará a cargo da mídia impressa apenas as edições de luxo ou projetos especiais?