Mulher-Maravilha e a representatividade feminina

 

Por: Melina Bontempo

 

 

 

A mulher maravilha sempre foi um ícone pop importante para as mulheres, sempre foi um símbolo de mulher independente, forte, capaz de lutar sozinha sem depender de outros heróis. Essa imagem é reforçada pela sua origem greco-romana, ela nasceu em um povo amazona, ou seja, mulheres que nasceram para serem soldados.

Ela sempre mostra um grande senso de justiça e paz, querendo derrotar Ares (deus da guerra) por influenciar os humanos a lutarem entre si em guerras infinitas. Em outras versões do desenho/quadrinho, ela apenas incapacita ele de usufruir dos poderes, pois ela era filha de Ares em algumas versões dos quadrinhos.

O novo filme dela reforça a sua imagem feminista, que anda sendo discutido muito, seja pelo empoderamento que vemos, seja na sua imagem de uma mulher forte e guerreira. É importante para as garotas terem modelos fortes para se inspirarem, cresceu muito a frase ”Fight Like a Girl”, justamente para mostrar a força que cada mulher tem dentro de si, assim como teve em 43 (redescoberto nos anos 80) o “We Can Do It”, símbolo importante para o feminismo.  

O filme desperta o interesse e mostra alguns padrões arcaicos (por acontecer na segunda guerra mundial), onde há estranhamento por parte dos generais uma mulher ali dando opinião e por ter maior conhecimento que eles. O longa mostra que a mulher deve fazer o que ela sente vontade e ter liberdade pra isso, mostra que todas tem o poder de mudar o mundo, seja na linha de frente de uma guerra como no seu trabalho.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s