O brasileiríssimo complexo de vira-lata

por Simone Cristina Dantas Miranda

6CCCAD81-C3A1-4E8A-8FB1-69938F316C28-1604-0000042A14D784A7

Nelson Rodrigues talvez não imaginasse que sua crônica de 1958 sobre a derrota desastrosa do Brasil na final da Copa de 1950 criaria uma expressão usada por sociólogos, psicólogos, gestores e jornalistas para definir o brasileiro: o complexo de vira-lata. Com o termo, o dramaturgo buscava criticar a inferioridade que o brasileiro assume diante de qualquer nação ou cultura, principalmente de origem européia e norte-americana. Eis que quase 60 anos depois, o complexo de vira-lata ainda permeia nossa sociedade.

O discurso derrotista de que nada no Brasil presta, tão presente em nosso dia-a-dia, fez com que nos envergonhássemos da abertura da Copa em 2014 e nos surpreendêssemos com a abertura dos Jogos Olímpicos no Rio. “Padrão americano”, alguem disse na TV. Esse sentimento de inferioridade e de deslumbramento com o estrangeiro tem suas raízes históricas. Marcada pela sociedade escravocrata e pelas elites brancas, nossa história é repleta de acadêmicos que pensavam o Brasil como inferior. Eles não viam no Brasil o que a França e a Inglaterra tinham a oferecer em termos culturais, sociais e econômicos.

A baixa auto-estima nacional permeia nossa formação intelectual, afinal, que peso tem um Congresso que não ofereça um palestrante internacional? Qual o diferencial do currículo que não possui uma vivência no exterior? Ainda buscamos no estrangeiro a solução para os nossos problemas. As empresas brasileiras chegam a importar soluções de “management” e se esforçam para encaixá-la na cultura brasileira.

“É um problema de fé em si mesmo”, concluiu Nelson Rodrigues naquela crônica. Há quem diga que ainda sofremos do complexo de vira-lata porque não temos uma consciência de cidadania. Outros dizem que nos falta analisar criticamente nosso passado para buscar um futuro diferente. E pra você, qual a solução para o complexo de vira-lata que assombra o brasileiro?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s