Metaforizando o Google

metaforizando-o-google-topo

Por Adriano Rodrigues

Conversando com um amigo sobre tecnologia digital em um dia desses, ele comentou em tom de reclamação que havia feito um site e não estava tendo retorno, em relação ao Google. Disse também que não aparecia nas páginas do buscador nem mesmo se digitasse o nome da empresa dele. Ele me perguntou como funcionava este processo, por que o site dele não estava aparecendo no Google. Fiquei pensando como explicar esta situação para ele sem utilizar termos técnicos, e assim, expliquei a lógica do Google por meio de uma metáfora e agora quero compartilhar com você.

Comecei dizendo assim pra ele: Vamos substituir algumas coisas por outros significados. Vamos imaginar que seu site é um barco, o Google é o mar, e seus futuros clientes são os peixes. Imagine seu barco no grande mar que é o Google, ainda muito pequeno se pensarmos em proporções, saiba também que neste mar tem muitos barcos, que já estão navegando há muito tempo. Saiba que existem os mais diversos tamanhos de barcos e pelo que você me diz, seu barco é muito pequeno, vamos melhorar esta situação.

Agora me responda algumas perguntas: Para que você quer um barco? Para que você quer navegar neste mar? Quais investimentos você vai fazer em seu barco e em sua pesca? E por último, quais peixes você quer pescar? Para responder essas perguntas, vou te dar algumas dicas para navegar neste mar e pescar os peixes que você quer.

metaforizando-o-google-barco

Antes do barco, pense no que você vai fazer no mar. Faça um bom planejamento, trace suas rotas, pense em quais peixes você quer pescar e quais equipamentos são necessários para esta pesca. Não vá para esta viagem sem saber aonde quer chegar, quando você souber estas respostas, pense em ter um bom barco. Jogue fora o barco que você tem agora, pois ele não vai te levar a lugar algum.

Para que você se lance ao mar é preciso investimento, seu barco ainda é simples como uma canoa. Sugiro que você compre outro e não se preocupe, pois se você está achando que o investimento é alto, não esquente, com poucos recursos é possível ter um bom barco. Não se preocupe com o tamanho por enquanto, um barco pequeno mas com tecnologia adequada e  com os equipamentos certos você chegará muito longe, e consequentemente aumentará o tamanho do seu barco

Depois de traçar rotas, escolher o barco adequado e definir quais são os peixes você quer pescar, se lance ao mar. Lembre-se que para ter sucesso nesta viagem é preciso entender o mar, é como uma troca: Para que o mar te dê os peixes certos, é preciso que você pesque com as iscas certas. Existem os mais diversos tipos de iscas que devem ser usadas de acordo com os peixes que você quer pescar.

Não seja ganancioso, vá devagar, aprenda com esta pescaria, jogar a rede ao mar neste momento vai lhe trazer todos os tipos de peixes, como disse anteriormente, coloque somente as iscas certas para os peixes que você quer pescar, e “não tenha medo dos peixes grandes, pois eles só serão grandes para as pessoas que tiverem medo de pescar”.

metaforizando-o-google-peixe

Se agir assim, aos poucos, pescará todos os peixes que você quiser.

Boa sorte em sua pescaria!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s