1984 e a Cultura Pop: outras influências

Já comentei aqui no blog sobre a influência que “1984” trouxe para a cultura pop, exercendo um papel importante na expressão de outras artes. Foi a partir desta obra de George Orwell que surgiram canções, álbuns completos e até mesmo, HQs e filmes que trazem como inspiração aspectos do livro, como a sociedade distópica, vigilância, lavagem cerebral e o conceito do Grande Irmão.

Assim como David Bowie e Muse, outras bandas usaram o livro como base para algumas de suas canções.  O Radiohead se inspirou no livro para compor uma de suas canções mais famosas, “Karma Police” (Ok Computer, 1997), com referências a Polícia do Pensamento e a novilíngua (“Polícia do Carma, prenda este homem, ele fala em números”).

O Coldplay também faz referências a sociedade descrita em “1984”, assim como Polícia do Pensamento e a falta de liberdade na música “Spies”, do álbum Parachutes (2000) (“Eu desperto para perceber que ninguém é livre somos todos fugitivos /  olhe o jeito que vivemos / aqui embaixo, eu não consigo dormir para fugir do medo, não /  Eu disse para que lado eu viro / Oh, eu esqueço tudo que aprendo”).

 

Já a banda australiana Silverchair fez um clipe com elementos inspirados na figura do “Grande Irmão”. A música, lançada em 1999, é uma crítica sobre o governo e o futuro no novo milênio.

 

Ainda dentro da cultura pop, outras artes também foram impactadas pela obra de George Orwell. A história em quadrinhos que deu origem ao filme, “V de Vingança” de Alan Moore, traz claras referências a 1984, contando a história de uma sociedade distópica na Inglaterra do futuro, bem como aspectos do governo totalitarista. Além disso, o personagem “V” apresenta ideais românticos e anárquicos semelhantes ao de Winston. Qualquer semelhança com o símbolo adotado pelo grupo Anonymous não é mera coincidência.

O filme “Equilibrium” (2002) também traz inúmeras semelhanças a sociedade retratada por Orwell. A história se passa em um futuro distópico após uma terceira guerra mundial, e mostra uma sociedade controlada por um regime totalitário que é obrigada a tomar uma droga chamada “Prozium”, responsável por anestesiar emoções e prevenir tensões sociais.

 

Leia mais:

Como 1984 influenciou a música: uma análise sobre o álbum “The Resistence” do Muse
1984 e a Cultura Pop: David Bowie

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s